19
out
América do Norte, Experimentar, Hospedar-se

Onde se hospedar em Nova York: Yotel

Pesquisando onde ficar em Nova York, eu me deparei com um hotel bastante distinto. Fiz uma rápida pesquisa no Tripadvisor e as avaliações que eu li foram suficientes para que eu me decidisse pelo Yotel. Reservei naquele dia mesmo. Mas foi então que me bateu uma certa curiosidade, curiosidade daquelas de criança: Como? Por quê? E daí eu comecei a pesquisar mais e mais sobre aquele hotel tão peculiar. A verdade é que eu me apaixonei pelo Yotel antes mesmo de me hospedar nele.

O Yotel é uma rede de hotéis britânica ainda pequena e que se gaba de oferecer um serviço ótimo por um preço que o hóspede pode pagar – porque vamos ser francos, nem todo mundo quer/pode pagar os olhos da cara por uma noite de sono bem dormida. Os quatro hotéis da rede (um quinto, em construção) estão localizados em cidades onde a acomodação costuma ser problemática. Nova York é uma dessas cidades. Como a demanda joga os preços dos hotéis lá em cima, e como não há baixa estação na cidade que nunca dorme, achar um hotel que caiba no orçamento costuma ser uma saga. Pagar pouco significa ficar em um cortiço. Pagar muito é a opção intermediária, mas nem sempre é garantia de que o estabelecimento é bom e que você será bem atendido. Pagar uma fortuna significa… bem, daí eu não posso opinar, mas presumo que seja garantia de um serviço de qualidade. Daí entra o Yotel, cujo conceito é justamente oferecer um serviço diferenciado a um preço que o hóspede pode pagar (favor não confundir com barato).

001 - Yotel

O letreiro roxo do hotel chama a atenção de longe. Aliás, roxo é a cor que predomina nesse hotel de apelo futurista. A segunda coisa que chama a atenção é o fato de que não há recepcionistas no térreo do hotel. O check in é feito pelo próprio hóspede em computadores alinhados no saguão. Assim como nos totens de auto-atendimento do aeroporto, basta digitar o seu nome ou o número da reserva e voilà, os cartões magnéticos são entregues. Independência total. Mas calma, há sempre um funcionário no saguão para socorrer aqueles que preferem um contato mais pessoal.

002 - Yotel

003 - Yotel

004 - Yotel

005 - Yotel

A terceira coisa que chama a atenção na chegada é uma máquina gigantesca à direita do saguão. Enclausurado em uma jaula de vidro, Yobot é um mensageiro automatizado, um braço mecânico que em muito lembra aqueles das cadeias de produção automotivas. O hotel garante que Yobot é o único mensageiro desse tipo. Para aqueles que chegarem antes do horário de check in (15:00, como de costume nos EUA), basta entregar as malas para o Yobot e ele se encarrega de guardá-las. Para os que chegam após às 15:00 e para os que, como nós, chegam e saem de madrugada, Yobot é o funcionário para quem você acena com a cabeça quando passa por ele. Infelizmente, para nós, foi a parte do hotel que não tivemos o prazer de aproveitar. A propósito, como anunciado pelo hotel, o late check in é garantido – uma pequena amostra do humor britânico que eu tanto admiro.

006 - Yotel Yobot

Era madrugada de sábado quando chegamos ao hotel. A madrugada de sexta para sábado é de festa no terraço do Yotel, mas depois de viajar de madrugada sem dormir direito e, ainda, de uma escala de oito horas passeando por Bogotá, a única coisa que eu queria fazer era me jogar na minha cama. A entrada é de graça para os hóspedes do hotel e me pareceu bastante animada. Eu teria ido se não estivesse com a minha bateria descarregada.

O terraço fica no 4º andar, juntamente com a recepção (quer dizer, o Controle da Missão) e as demais áreas comuns dos hóspedes: o bar, o Dojo, o refeitório, as salas de reunião, a academia. Em um dia ensolarado, o terraço é perfeito para tomar café da manhã e ficar observando o reflexo das nuvens na superfície espelhada do hotel. E é no 4º andar que ficam as mesas de bilhar, um imenso painel de Lego onde cada um pode deixar o seu recado, os computadores para uso dos hóspedes e o concierge, em cujas dicas vale a pena confiar. Ah, o café, chá e muffins do café da manhã são por conta do hotel. Qualquer produto que não esses é pago. O que é oferecido dá para forrar o estômago, mas tínhamos sempre que completar o tanque no Starbuck’s ali do lado. Aliás, cabe uma menção honrosa ao atendimento daquela loja – um dos mais atenciosos e simpáticos que eu já tive a oportunidade de vivenciar.

007 - Yotel

008 - Yotel

009 - Yotel

010 - Yotel

011 - Yotel

012 - Yotel

013 - Yotel

014 - Yotel

015 - Yotel

016 - Yotel

017 - Yotel

018 - Yotel Dojo

019 - Yotel Dojo

020 - Yotel

021 - Yotel

022 - Yotel

023 - Yotel

024 - Yotel Lego

Para subir para os quartos, apenas com o cartão magnético. Eu falei quarto? Quis dizer cabine – porque é assim que eles chamam os quartos no Yotel. As cabines foram projetadas por designers aeroespaciais, contribuindo ainda mais para o clima moderno do hotel. Há três tipos de cabine: para duas pessoas, para três, e uma vip que conta com cama giratória, mesa de bilhar e o seu próprio terraço (um dia!). A cabine é um pouco apertada (a cama é retrátil e precisa ser colocada na posição sofá para permitir a passagem), mas é muito aconchegante e funcional. Tudo foi muito bem pensado e feito com muito bom gosto – o mobiliário, o carpete, a divisão dos espaços, a iluminação roxa que contrasta com o branco e dá ares de aeronave ao cômodo. Todos os quartos são para não fumantes e os infratores pagam um multa de US$ 250,00 pela teimosia – um cigarro bastante caro.

025 - Yotel

026 - Yotel

027 - Yotel

028 - Yotel

029 - Yotel

030 - Yotel

031 - Yotel

032 - Yotel blueprint

Um ponto negativo é que não há geladeira nos quartos, mas cada andar conta com uma cozinha equipada com microondas e freezer que pode ser usada pelos hóspedes. Há, ainda, café, chá e água de graça, além de refrigerante por um preço módico.

033 - Yotel

O hotel não tem serviço de quarto, pois a finalidade é economizar nos supérfluos e fornecer apenas os luxos indispensáveis tais como wi-fi. O wifi é gratuito, outro diferencial do hotel. Eu acho um absurdo um hotel cobrar US$ 15,00 por dia para o hóspede que quer usar internet e os donos da rede se preocuparam com isso, oferecendo de graça uma conexão de alta velocidade. Ponto para eles.

034 - Yotel

Fiquei muito animado a me hospedar nos demais hotéis da rede, apesar de que me assustou o fato de que em alguns, para economizar espaço, há quartos sem janelas. Ainda bem que as leis do Estado de Nova York não permitem isso – imagina ser privado dessa vista!

035 - Yotel

036 - Yotel

O hotel ainda aceita receber, sem custo algum, encomenda para os hóspedes. Porque as compras em Nova York começam antes mesmo de a gente pisar na cidade.

O Yotel é um estabelecimento feito com muito esmero. Cada detalhe parece ter sido meticulosamente pensado para surpreender e agradar os hóspedes. Além disso, a localização é excelente: a alguns passos da Times Square e próximo da rodoviária e de um monte de estação de metrô. Somem-se a isso os funcionários simpáticos e solícitos e eu já decidi qual vai ser a minha casa quando voltar a Nova York.

Eu já falei que eu me apaixonei pelo Yotel?

www.yotel.com

Onde: na  570 Tenth Avenue com 42 Street, bem do lado do burburinho da Times Square (mas sem o inconveniente dos enxames de turistas)

Quanto: diárias a partir de US$ 212,00 (sem impostos)

  • Paulo Magalhães

    Excelente narrativa de onde se hospedar em NY. Obrigado filho pelas informações, de altíssimo nível de detalhes. Já decidi, na próxima viagem a NY ficarei hospedado no YOTEL, com toda certeza.

  • Nathanna Cavalcanti

    Nossa, só a hospedagem será uma atração em NY. Já estou empolgada para o conhecer! Excelente texto!

    • Thiago Magalhães

      Ficamos felizes que você tenha gostado, Nathanna. Yotel = maravilhoso! =)

    • Ficamos felizes que você tenha gostado, Nathanna. Yotel = maravilhoso! =)

  • Gabriela

    Estamos indo agora dia 31 e não consegui pensar mais em outro hotel, estou encantada antes mesmo de conhecer! Obrigada por reforçar minha escolha!

    • Este hotel é realmente demais, não é? Voltamos lá em dezembro e nos hospedamos com eles!
      Espero que sua viagem tenha sido ótima!